BIBLIOTECA DULCE FERRÃO NO MUSEU DA REPÚBLICA E DA RESISTÊNCIA

Segundo regista o Museu da República e da Resistência a Biblioteca Dulce Ferrão será integrada nos seus fundos:

O espólio de 26 mil volumes da biblioteca que o jornalista, escritor e democrata Carlos Ferrão foi reunindo veio enriquecer o núcleo original da Biblioteca – Museu República e Resistência permitindo que a Biblioteca Dulce Ferrão se apresente como o mais completo repositório bibliográfico do Portugal contemporâneo, com destaque para a História da Primeira República, do Estado Novo e da oposição ao Regime, do 25 de Abril e seus actores, da Guerra Colonial e da Descolonização Portuguesa.”

Anúncios
%d bloggers like this: